Evolução Pessoal Contínua

O atual momento que estamos vivendo, por conta desta quarentena, deixa claro que os tempos mudaram e a mudança que estava sendo anunciada, chegou, está acontecendo e estamos todos sentindo o balanço nos nossos trabalhos e relacionamentos.

Nestes momentos de desafios é que vemos a importância de se sentir confortável e seguro consigo. É muito bom perceber que a forma como se tem vivido tem sido carregada de confiança, coragem, compromisso, responsabilidade, integridade, fé, em tudo que se é e faz.

Esse tipo de sensação a qual me refiro é estruturante e traz EIXO diante das adversidades diárias. Consequentemente, interagimos com mais calma e discernimento diante dos acontecimentos. O nome dessa área de estudo é Inteligência Emocional e ela não foi ensinada nas escolas e deveria na verdade, ser considerada matéria essencial e fundamental.

É fundamental entender das emoções, sensações para poder SER HUMANO com todos e em todos os lugares. SER um HUMANO que não se contenta em ficar na zona de conforto da vida. SER um HUMANO que quer entender da VIDA e fazer o melhor que puder, independente de onde estiver.

Durante minha vida tenho procurado fazer escolhas conscientes, reais, verdadeiras. Como é desafiador ficar firme e atento aos nossos pensamentos e sentimentos. Isso demanda um exercício constante. Desde que entendi de forma consciente que sou responsável pela parte que me cabe em tudo que sou, em tudo que coloco energia, olhar, amor, entendo cada vez mais o impacto que meus estudos e práticas de desenvolvimento pessoal têm na forma como me relaciono com a vida e com tudo e todos que aparecem no meu caminho.

Ao entender mais e mais dos meus sentimentos, fraquezas, medos, anseios, reconheço melhor os meus atropelos e erros. Tenho aprendido a manter a mente e o coração abertos para aprender o que tem que ser aprendido, realizar o que sinto que preciso e consequentemente me comprometer com a minha evolução pessoal.

De alguma forma o sistema que vivemos procura nos ensinar um conjunto de coisas na fase escolar, outro tanto nos cursos aonde nos especializamos em determinada área, depois na pós, no mestrado, doutorado e por aí vai. Aprendemos que devemos encontrar uma forma de aplicar esses conhecimentos nas nossas vidas profissionais. Nem sempre isso se da desta forma, não é mesmo?

Para além desses estudos e da aplicação deles, existe o autodesenvolvimento que pode levar a alto desempenho nas demais áreas da vida. O compromisso de cuidar do seu desenvolvimento nesta existência é uma daquelas coisas que são básicas e que não fica clara para muitos de nós.

Independente da sua área de trabalho saiba que o seu desenvolvimento pessoal é responsabilidade inteiramente sua. Não espere a empresa que você trabalha exigir isso. Não espere que as coisas saiam do trilho para você se mover, procurar novos olhares e conteúdos. Seja protagonista da sua trilha de desenvolvimento pessoal. Leia, estude, faça cursos que alimentem sua mente, sua criatividade, sua alma. Encontre formas de aprendizados que te proporcionem entendimentos, que tragam questionamentos, reformulem pensamentos e abram sua mente para tudo que está aí disponível para aprender e viver.

Essas palavras são também um convite para que você possa participar do PRISMA, um curso com duração de dois encontros de duas horas e meia, que acontecerá dias 3 e 4 de julho. Neste curso trarei conhecimentos e vivências sobre vulnerabilidade, empatia, culpas, vergonhas, liderança baseados nas pesquisas e livros do best-seller Brené Brown.

Mais informações na bio.

Até breve!

0 visualização
Inscreva-se para receber conteúdos e novidades!