Regra dos 5 segundos

Uma das pessoas que me inspiram é a Mel Robbins. Eu tinha que fazer um post sobre ela. Ela é life coach, apresentadora, palestrante e um monte de outras coisas. Depois acessem o site e sigam ela no instagram. Ela é demais.

No seu livro 5 second rule, ela conta como utilizou está técnica para vencer desafios, colocar a vida em dia, organizar a bagunça que estava e alcançar seus objetivos. Na verdade, tudo começou com uma TED que ela fez e foi por aí que eu a conheci.

Amo assistir TED talks. Tem tanta gente bacana e que está fazendo a diferença nesse mundão de Deus que muitas vezes não temos acesso a todos e através de projetos como TED talks é possível conhecer e ver o trabalho e pesquisa de muita gente boa.

Pois, em uma das minhas pesquisas, acabei encontrando o vídeo da TED que a Mel deu em 2011, o título: How to stop screwing yourself over (Como parar de detonar você). Achei a ideia dela muito interessante e pensei: vou testar.

Ela conta que por uma série de questões… estava precisando dar um jeito na forma como a vida dela estava acontecendo. Ela estava passando por um momento difícil quando em determinado dia teve um insight e depois deste dia e desta tomada de decisão ela conseguiu tomar as rédeas da própria vida de transformar o que precisava ser transformado e curado.

Ela instituiu a regra dos 5 segundos na vida dela e durante esta TED que mencionei acima, ela conta como funciona essa regra. A questão é que muitas vezes sabemos o que temos que fazer. Sabemos o porquê precisamos fazer determinada coisa, mas não fazemos. Ficamos paralisados ou procrastinamos aquela ação…

5 second rule fecha o buraco que existe entre pensar sobre o que precisa ser feito e agir de fato. Funciona como um truque para driblar a mente e conseguir realizar seus objetivos, metas e sonhos.

Essa forma de pensar lembra o que o querido Tony Robbins (embora tenham o mesmo sobrenome, eles não são parentes) também diz: É no momento em que tomamos uma decisão que o nosso destino é traçado.

Opa, então comecei a testar e hoje em dia quando percebo que estou procrastinando ou que não estou levando à risca algum plano que estabeleci para mim mesma, uso esta técnica também. A ideia é no momento em que tomamos consciência do que precisamos fazer temos duas opções: tomamos uma atitude de imediato ou contamos de trás para a frente 5,4,3,2,1 e fazemos o que tem que ser feito, sem mimimi ou blablabla. Às vezes precisamos dar um empurrãozinho, colocar disciplina no dia e nas metas e esperar nada menos do que sucesso. Muitas vezes ficamos dando voltas esperando a sensação de estar mesmo afim de fazer qualquer destas coisas que normalmente estamos batalhando internamente para não fazermos. Nem sempre vamos estar afim de lavar roupa, ir à academia, acordar cedo, trabalhar, escrever, ler e cumprir tantas outras funções da rotina.

Quando praticamos diariamente nossa coragem, nos sentimos orgulhosos, poderosos e construímos uma verdadeira confiança em nós mesmos. Porque somos fieis aos nossos limites, sentimentos e nossa sabedoria interna.

Segundo a Mel e tantos outros coaches inspiradores, a vida é muito curta para ficarmos presos no medo e na falta de confiança em nós mesmos.

O ideal é dar pequenos passos todos os dias, firmes na decisão e na tomada de ação. Aos poucos a autoconfiança vai se restabelecendo e é possível enxergar com mais clareza e planejar com estratégia para caminhar em direção aos seus sonhos e viver uma vida que valha a pena ser vivida.

Com firmeza e disciplina,

Dani

#disciplina #melrobbins #regras

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo